Neste artigo, são apontados os principais achados de recente relatório publicado pela IoT Analytics baseado em pesquisa de alcance global. A partir dele, foi possível mapear e detectar padrões no comportamento de clientes na hora de escolher uma plataforma de IoT.

A Internet das Coisas (IoT) é um dos pilares da estratégia de digitalização e promete ativar novos negócios, entre os quais a manutenção preditiva, gerenciamento de frota, monitoramento de infraestrutura e otimização de processos baseada em análise.

Na maioria das vezes, as empresas procuram fornecedores externos para desenvolver soluções adequadas às demandas particulares de seus respectivos negócios. Nessa busca, é fundamental que se encontrem parceiros com elevada expertise, que forneçam suporte técnico de alta performance e, sobretudo, capazes de desenvolver plataformas de software de IoT robustas e bastante flexíveis a novas demandas.

Essas plataformas devem apresentar tecnologia de software modular que permite soluções para conectividade e gerenciamento, tanto de dispositivos IoT quanto de dados na nuvem, além do desenvolvimento e da habilitação de aplicativos e análise avançada.

O que esperar do mercado de IoT nos próximos 5 anos?

Entre 2018 e 2023, o relatório prevê uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) para as plataformas de IoT de 39%, alcançando receitas anuais que ultrapassam 22 bilhões de dólares até 2023. Esses números referem-se aos seguintes setores do mercado: agricultura, edifícios conectados, carros conectados, energia, saúde, manufatura, serviços públicos, varejo, cadeia de suprimentos inteligente, transporte.

Mercado Plataformas IoT - 2018 a 2023
          Fonte: IoT Analytics

Essas projeções consideram como base o ano de 2017, quando a receita oriunda dessas plataformas ultrapassou 3,1 bilhões de dólares. Para 2018, espera-se alcançar 4,5 bilhões, um crescimento de quase 45% em apenas um ano.

Em relação ao segmento, a pesquisa aponta que a manufatura continuará sendo a mais representativa para o mercado de plataformas de IoT. Em 2017, ela consumiu mais de 1 bilhão de reais, ou seja, quase 33% do total de receita do ano. A liderança até 2023 acontecerá sobretudo em países com base manufatureira tradicional, entre os quais Estados Unidos e Alemanha. China também é apontada como um grande player para os próximos anos.

Visão do cliente: como escolher uma plataforma de IoT?

O relatório apresenta diversos exemplos sobre quais critérios são utilizados pelos clientes no momento de escolher uma empresa parceira desenvolvedora de plataformas de IoT.

Entre eles, destaca-se uma fabricante alemã de equipamentos originais automotivos. Como padrão, ela pré-seleciona dez fornecedores e os convida a realizar provas de conceito por dois dias embasadas em uma configuração de produção real. Entre os principais critérios de teste, analisam-se aspectos como padrão de conectividade no chão de fábrica, infraestrutura, rede, segurança, usabilidade do sistema, padrão de inteligência nos serviços de gerenciamento de dados e flexibilidade para customização.

A partir da ponderação desses critérios, são escolhidos dois dos melhores fornecedores que, então, iniciam uma fase de testes, agora com duração de 3 meses. Após isso, as equipes envolvidas no processo de avaliação geram um relatório com recomendações que será enviado ao comitê de direção. Por fim, o chefe de automação da fábrica toma a decisão final.

Esse exemplo ilustra um dos principais achados da pesquisa: o fato de serem os CEOs – ou um comitê ao qual pertencem – os detentores da decisão final no momento de escolher uma plataforma de IoT. Para tanto, eles costumam se embasar em análises prévias de equipes formadas por especialistas técnicos.

Como escolher uma plataforma de IoT
  Fonte: IoT Analytics

Além disso, o uso de diferentes plataformas durante as fases exploratórias de testes foi um outro padrão encontrado pela pesquisa. Segundo os clientes analisados, isso ajuda na tomada de decisão, por deixar mais evidente qual delas se adequa melhor às necessidades da empresa e aos objetivos estratégicos futuros.

O estudo ainda relevou que muitos clientes optam por diferentes parceiros para compor uma única plataforma. Desse modo, conseguem concentrar as forças e especialidades tecnológicas de cada um deles, alcançando uma formatação de solução única. Isso, segundo os entrevistados, garante diferenciação da concorrência e vantagem competitiva.

Esse modelo cria um verdadeiro ecossistema de parceiros que se beneficiam tanto do ponto de vista de novos negócios quanto da perspectiva tecnológica.

Leia também:

No que se refere ao benefício tecnológico, a fusão de conhecimentos propicia o surgimento de plataformas com novos níveis de inovação o que, obviamente, agrega valor.

Além disso, é comum a estruturação de parcerias entre os desenvolvedores de softwares e os que focam no desenvolvimento e produção de hardware, visto que são poucos os players do mercado capazes de fornecer soluções ponta à ponta.

A desvantagem para os clientes, quando optam pela fusão de diferentes fornecedores para a composição de uma única solução, está na dificuldade de orquestração, bem como na delimitação de padrões técnicos e de segurança que englobem todos eles.

Plataforma de IoT V2COM: uma história de sucesso ponta à ponta

Se por um lado é complicada a tarefa de encontrar um parceiro com expertise comprovada e que forneça soluções holísticas de Internet das Coisas, por outro os resultados certamente compensarão os esforços. Ao escolher uma plataforma de IoT com o devido critério, certamente garante-se a escalabilidade das soluções com muito mais eficiência.

A V2COM consolidou-se no mercado nacional e internacional por ser um dos poucos fornecedores de soluções de IoT ponta à ponta. Através disso, garante um elevado grau de customização dos projetos que, assim, adequam-se com bastante profundidade às mais diferentes necessidades dos clientes.

Por desenvolver integralmente tanto hardware quanto software, a V2COM alcançou um padrão de tecnologia plenamente compatível com as inovações, integrando-se perfeitamente a diferentes realidades de forma bastante ágil. Por consequência, os clientes auferem elevado impacto financeiro e escalabilidade dos projetos em curto intervalo de tempo.

Como se nota, o mercado de plataformas de IoT tem experimentado um enorme crescimento nos últimos anos. Essas soluções estão ganhando cada vez mais espaço e importância em diversos setores, especialmente as manufaturas. Muito disso em razão da crucial importância da Internet das Coisas no processo de transformação digital das empresas.

A escolha de fornecedores estratégicos, nesse sentido, é de fundamental importância para que seja possível usufruir ao máximo das potencialidades que as novas tecnologias trazem. Com isso é possível escalar resultados de forma eficiente e, claro, auferir retornos financeiros bastante expressivos.

 

Preencha o formulário e saiba como a plataforma de IoT V2COM já conectou mais de 1 milhão de dispositivos inteligentes