Celesc reduz importantes perdas comerciais com solução de IoT

Tecnologia de telemedição da empresa V2COM reduziu as perdas da distribuidora e descobriu novos padrões de fraude de energia elétrica.

  • O Potencial de Recuperação de Receita Total Acumulado, em seis anos, ultrapassou R$73 milhões
  • Fraude acionada por controle remoto foi identificada com solução de IoT – Internet das Coisas

Santa Catarina, 2018 – Com tecnologia de Internet das Coisas, a Celesc Distribuição S.A vem obtendo importantes avanços no combate a fraudes e furtos de energia.

Numa parceria de mais de 6 anos com a V2COM, empresa líder em Soluções de Internet das Coisas e Sistemas Inteligentes, cerca de 13.200 unidades foram telemedidas, apontando mais de 740 irregularidades. Embora a maior parte dos desvios ocorra nos clientes do Grupo B, ou seja, unidades consumidoras com fornecimento em tensão inferior a 2,3 kV, é através da detecção de fraudes no Grupo A que a Celesc alcança arrecadação mais significativa.

O Potencial de Recuperação de Receita Total Acumulado, nesse período, ultrapassou R$73 milhões. Este valor considera a soma entre o Potencial de Receitas Recuperadas e o de Receita Agregada. O primeiro (um cálculo não oficial, mas baseado na Resolução 414/2010 da ANEEL) é uma estimativa de valores que podem ser cobrados dos clientes com irregularidade ou com alguma deficiência detectada. O segundo, por sua vez, representa o montante que a Celesc deixou de perder nas faturas de um ano subsequente à normalização da irregularidade ou deficiência devido à sua identificação.

Seguindo esse mesmo raciocínio, o Potencial de Recuperação de Energia Total, apenas no último ano, ultrapassou 10,8 GWh, suficiente para abastecer mais de 85 mil residências por um mês.

A tecnologia ainda ajudou a distribuidora a detectar novos padrões de fraude. Um deles, apelidado pelas equipes técnicas de “fraude do controle remoto”, permite que o sistema fraudulento seja completamente desativado com apenas um clique, momentos antes da fiscalização física acontecer.

“Essa união entre tecnologia de ponta e o serviço de distribuição de energia é fundamental para a sociedade e o meio ambiente. O uso irregular sobrecarrega os recursos naturais e eleva as tarifas ao consumidor” – diz o CEO da V2COM, Guilherme Spina.

“O sistema de telemedição tem sido uma excelente ferramenta de apoio no combate às fraudes no nosso sistema. Trata-se de uma tecnologia de alta eficiência, que permite o monitoramento permanente do comportamento do consumo em cada unidade consumidora e inibe, em muito, a possibilidade de ações fraudulentas” , comenta Tiago Lage Nascimetno, chefe da Divisão de Automação da Medição da Celesc Distribuição.

 

Sobre a Celesc Distribuidora

 A Empresa atende, hoje, a mais de 3 milhões de unidades consumidoras e a uma população de cerca de 7milhões de pessoas, o equivalente a 3,3% da população nacional. Trata-se de um mercado pródigo, de economia bastante diversificada, responsável pela parcela de 4,6% do volume de energia elétrica consumida no Brasil.

É a 6ª maior distribuidora brasileira em receita de fornecimento, a sétima em volume de vendas de energia e a 10ª em número de unidades consumidoras. A área de concessão da Empresa, outorgada pelo Governo Federal, corresponde a 92% da área territorial de Santa Catarina, onde estão situados 264 municípios, distribuídos por seis macrorregiões do estado.

Conforme Contrato, também é responsável pela prestação dos serviços de energia elétrica para a área urbana e algumas comunidades rurais do município de Rio Negro, no Paraná, e para outros 21 municípios catarinenses em parceria com cooperativas de eletrificação rural e outras concessionárias que atuam no Estado.

Sobre a V2COM
linkedin.com/company/v2com/

Líder em Soluções de IoT e Sistemas Inteligentes com mais de 1 milhão de dispositivos conectados em todo o mundo.

Desde 2002, desenvolvendo tanto tecnologia de Hardware quanto Software com arquitetura aberta e modular, a V2COM fornece soluções integráveis a diferentes equipamentos e sistemas legados, o que permite uma fácil incorporação aos avanços tecnológicos futuros.

Sua premiada plataforma acelera a implantação de projetos e impulsiona o Retorno sobre o Investimento (ROI) para empresas com processos complexos de diferentes setores, como Indústria 4.0, Agronegócio, Smart Cities e Utilities.