Legado: o maior dilema da Indústria 4.0 brasileira

Quando falamos em Internet das Coisas (IoT) no Brasil, o grande desafio para as manufaturas parece ter um nome: LEGADO.

Integrar o maquinário antigo aos novos sistemas e tecnologias de rastreamento de dados lógicos é a grande barreira que precisa ser superada para de fato alavancar a jornada digital no país. Com isso, efetivaremos de vez uma revolução em nosso setor produtivo, movimentando até 2025 mais de US$ 45 bilhões na indústria, US$ 39 bilhões no setor de saúde, US$ 27 bilhões em cidades inteligentes e US$ 21 bilhões no agronegócio, segundo mostra um recente estudo do BNDES.

Os líderes de negócio brasileiros já estão cientes dessa necessidade. Uma pesquisa da Softex apontou que a adoção de tecnologias de IoT está no topo das prioridades de investimento, superando a cloud computing e blockchain. Mas ainda é comum entre os executivos de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) a ideia de que muitos dos esforços precisam sair do papel e efetivamente acontecerem na prática.

Tecnologias modulares são a solução para o dilema do legado brasileiro

Para resolver o problema dos sistemas legados, muitas empresas têm buscado a ajuda de fornecedores externos que desenvolvem soluções de IoT sob medida. Isso porque é fundamental que a tecnologia oferecida se adeque perfeitamente às diferentes demandas, respeitando as particularidades que cada projeto exige.

Além disso, é importante que a solução desenvolvida seja plenamente integrável a diferentes tipos de equipamentos e sistemas. Empresas desenvolvedoras que fornecem uma arquitetura aberta e modular estão um passo à frente na promoção da transformação digital, justamente por permitirem que as tecnologias de IoT incorporadas hoje consigam sempre se adequar aos futuros avanços que certamente virão, sem a necessidade de substituição parcial ou até mesmo total dos equipamentos e sistemas legados.

Leia também:
Plataforma de IoT: a escolha-chave para a transformação digital

Com isso, a indústria pode se adaptar à crescente expectativa dos clientes e ganhar mais velocidade de entrada no mercado. As soluções de IoT e Analytics possibilitam o uso de dados da cadeia produtiva em tempo real, bem como a colaboração entre diferentes equipes, parceiros e clientes. Dessa maneira, as manufaturas reduzem custos, desperdício de insumos e chegam até mesmo a diminuir os prazos de entrega de seus ciclos de desenvolvimento.

Força de trabalho e segurança da informação: um problema além da conectividade

Um outro desafio que a indústria brasileira certamente irá enfrentar ainda mais nos próximos anos relaciona-se à força de trabalho. Hoje, o conhecimento técnico para a resolução dos problemas do ambiente produtivo está concentrado especialmente no empregado chão de fábrica. Além disso, esse conhecimento não está bem estruturado e muitas vezes se comporta de forma apenas reativa.

As tecnologias de IoT vão justamente na contramão dessa tendência, oferecendo a grande possibilidade de se adiantar aos problemas, reduzindo custos de manutenção e tempo de parada. Elas viabilizam um modelo de gestão estruturada baseada em dados e tomada de decisão de forma automática, uma realidade ainda não devidamente incorporada pela maioria dos colaboradores.

Um outros importante aspecto que está no radar dos gestores a respeito da indústria 4.0 é o processamento dos dados e a segurança da informação. Mais do que nunca, uma arquitetura voltada para edge computing terá que integrar o planejamento de transformação digital e isso significa que aumento de poder de processamento e uma camada extra de segurança e governança de dados serão imprescindíveis. Não é à toa que todas as recentes pesquisas envolvendo a IoT colocam a segurança da informação como o principal desafio para os próximos anos.

V2COM: quase duas décadas de experiência com sistemas legados

Desde 2002, a V2COM é líder em soluções de Internet das Coisas (IoT) e Smart Systems, com mais de 1 milhão de dispositivos conectados no mundo. Um de seus grandes diferenciais é estar inserida no desenvolvimento ponta à ponta, produzindo tanto Hardware quanto Software, o que torna as soluções ainda mais eficientes e menos custosas para os clientes.

Sua premiada plataforma de IoT e a metodologia exclusiva de PoV (Proof of Value), testada e aprovada por centenas de clientes dos mais diversos segmentos, aceleram as implantações de projetos e impulsionam o retorno do investimento para empresas com processos complexos e ativos distribuídos.

Entre em contato para saber mais sobre as tecnologias modulares V2COM
100% integráveis a diferentes sistemas legados