Investimentos globais com Transformação Digital devem aumentar 17,9% este ano, aponta IDC

Os gastos globais com transformação digital alcançarão US$ 1,18 trilhão, em 2019, aumento de 17,9% em relação a 2018, prevê a International Data Corporation (IDC). Os investimentos mundiais em tecnologia focada em “digital transformation” (DX, da sigla em inglês) totalizarão US$ 6 trilhões nos próximos quatro anos.

O crescimento acelerado de investimentos em tecnologia DX é esperado em todos os setores, com variação entre 15% e 20%. Segundo a IDC, Estados Unidos e China responderão por mais da metade dos gastos globais com transformação digital, em 2019.

Globalmente, o setor que mais deve avançar é o financeiro, com taxa de crescimento anual nos investimentos em 20,4% entre 2017 e 2022. Já a manufatura discreta (US$ 221,6 bilhões) e a manufatura de processo (US$ 124,5 bilhões) serão as indústrias que mais investirão em transformação digital este ano, sobretudo em relação à inteligência de processos, automação e qualidade. 

Os serviços de transporte também aparecem na liderança, com esforços direcionados para a otimização da cadeia de suprimentos digital e para o gerenciamento de instalações. Esperam-se ao menos 21,4% de crescimento nos investimentos nesse setor.

“Já está claro em nossa pesquisa que as empresas que investiram pesadamente em DX nos últimos 2-3 anos já estão colhendo as recompensas em termos de crescimento mais rápido de receita e lucros líquidos mais fortes em comparação com empresas atrasadas em iniciativas e investimentos em transformação digital”, avaliou Craig Simpson, gerente de pesquisa do grupo Customer Insights & Analysis da IDC.

Em 2019, as iniciativas que receberão os maiores investimentos para apoiar os programas de Transformação Digital serão operações autonômicas (US$ 52 bilhões), manufatura robótica (US$ 45 bilhões), gerenciamento de frete (US$ 41 bilhões) e análise da causa raiz (US$ 35 bilhões). Considerando o período da previsão entre 2018-2022, as áreas que atrairão os maiores gastos serão laboratórios virtualizados (aumento de 108,6%), visualização digital (alta de 53,5%) e gerenciamento de design aumentado (avanço 43,9%).

No que diz respeito às tecnologias, os investimentos em hardware e serviços responderão por mais de 75% de todo o valor direcionado à transformação digital, em 2019. Só com softwares, o montante deve ultrapassar US $ 253 bilhões. Em relação aos hardwares, o direcionamento de iniciativas será distribuída entre hardware corporativo, dispositivos pessoais e infraestrutura de IaaS.

Projeta-se que as categorias de tecnologia com maior crescimento, até 2022, serão IaaS (35,9%), software de desenvolvimento e implantação de aplicativos (26,7%) e serviços comerciais (26,5%). Especificamente em serviços, os gastos serão liderados por TI (US$ 154 bilhões) e conectividade (US$ 102 bilhões). 

Fonte: CIO