PRINCÍPIOS DA ORGANIZAÇÃO

 

Missão

Desenvolver negócios, relacionamentos e soluções, através de sistemas de comunicação sem fio, de forma ética e sustentável, em um ambiente de cultura aberta e inovadora, usando 3 qualidades humanas essenciais: Caráter, Inteligência e Persistência.

Visão

Contribuir para a construção de um mundo sustentável através da oferta de soluções de internet das coisas que possibilitem a gestão mais eficiente dos recursos naturais, humanos e financeiros.

Valores

Os valores a seguir enumerados formam a base de nossa empresa e são considerados essenciais para a V2COM:

1 – Empresa primeiro. (Valor constitucional)
2 – Nós fazemos. Então nós otimizamos. (Crença de simplicidade)
3 – Erros acontecem. Nós não choramos por eles. Quem quebrou, corrija. (Valor de responsabilidade)
4 – Nós preferimos pedir desculpas a pedir permissão. (Crença de atitude)
5 – Não toleramos desperdício: desperdício de tempo, recursos e energia mental. (Crença de frugalidade)
6 – As pessoas devem ser tratadas com base em sua atitude. Todas as outras características são irrelevantes. (Valor de justiça)
7 – Nós não nos importamos com o que os outros pensam. Nós nos preocupamos com a verdade. (Valor de sinceridade)
8 – Nossos colaboradores são adultos independentes, motivados e generosos. (Valor da maturidade)
9 – Medo do desconhecido é normal. Nós coletamos dados e assumimos riscos calculados. (Valor de coragem racional)
10 – Nós fazemos o nosso melhor para vencer, mas não cruzamos a linha. (Valor de honestidade)
11 – Nós negociamos muito. Então nós mantemos nossa palavra. (Valor de integridade)
12 – Nós escutamos. Nós observamos. Mas aplicamos nosso julgamento para tomar decisões. (Valor de independência)
13 – Podemos resolver qualquer problema. (Crença de fé)
14 – A inteligência é necessária. Coragem é admirada. Engano e esquemas não são tolerados (Valor do caráter)
15 – Autonomia e descentralização está em tudo o que fazemos. (Valor de modularização)

Aplicabilidade do Código

Todos os colaboradores da V2COM, incluindo seus diretores, empregados, funcionários temporários e estagiários, estão sujeitos aos termos do presente Código, assim como às previsões das Políticas Internas suplementares.

Em relação aos terceiros com os quais mantemos contratos, como intermediários e distribuidores, que atuam na condução de negócios comerciais em benefício da V2COM, também deve ser observado o presente Código de Ética e Conduta Profissional, devendo-se seguir estritamente a linha de conduta definida para todos os colaboradores.

CONFORMIDADE


Leis, Regulamentos e o Programa de Compliance da V2COM

Todos os nossos colaboradores devem atuar dentro dos limites legais, respeitando os regulamentos e as Políticas Internas aplicáveis aos negócios da V2COM.

Ocorrendo eventualmente algum conflito entre as leis, os regulamentos e o Código ou as Políticas Internas da V2COM, a determinação mais restritiva deverá prevalecer.

A V2COM espera que seus colaboradores:

  •  Ajam de maneira íntegra e ética em todas as negociações comerciais;
  •  Respeitem as leis, normas e os bons princípios de ética, bem como o Código e as Políticas Internas da empresa;
  •  Comuniquem ao Comitê de Compliance violações efetivas ou potenciais, anonimamente ou não, usando para tanto os canais de comunicação disponíveis, expressos ao final deste Código; e
  •  Participem ativamente dos treinamentos integrantes de nosso Programa de Compliance.

A V2COM, por sua vez, compromete-se por seus administradores a:

  •  Oferecer suporte aos colaboradores às boas práticas comerciais defendidas por este Código, promovendo treinamentos periódicos;
  •  Receber e responder quaisquer dúvidas relativas ao Programa de Compliance;
  •  Tratar e investigar quaisquer denúncias recebidas, preservando o anonimato e a não retaliação do denunciante; e
  •  Manter uma política receptiva para discutir e aprimorar o seu Programa de Compliance, com o emprego dos recursos necessários e a condução de revisões periódicas.

O Código e as Políticas Internas poderão ser alterados, de acordo com inovações legislativas ou os interesses da empresa e, em qualquer caso, você será notificado.

Práticas Comerciais

No universo das práticas comerciais rechaçadas pelos padrões da boa governança, a V2COM requer sua atenção aos seguintes assuntos:

Antitruste e Defesa da Concorrência: Não devem ser adotadas quaisquer práticas que reduzam a concorrência, em prejuízo de clientes, públicos ou privados, tais como, ajustes de preços com concorrentes; direcionamento de licitações; boicote de fornecedores; repartição de mercados ou clientes, entre outras definidas em lei;

Concorrência Desleal: Quaisquer métodos de concorrência considerados desleais por força de lei ou simplesmente antiéticos são rechaçados pela V2COM. A exemplificar, você não deve fazer afirmações falsas sobre os produtos da empresa ou de seus concorrentes; não tentar obter informações sigilosas de terceiros, por meios escusos, ou que violem segredos industriais; não utilizar marcas ou produtos de terceiros, com a finalidade de confundir o consumidor e promover a concorrência desleal;

Pagamentos Impróprios: É vedado ao colaborador pagar ou receber quaisquer honorários, gratificações, comissões, presentes ou entretenimentos de valor significativo, direta ou indiretamente, seja como incentivo para celebrar ou manter um contrato com a V2COM.

Relacionamento com Entes Públicos e Política Anticorrupção

A empresa respeita integralmente as Leis e os Tratados Anticorrupção, com especial atenção à Lei Anticorrupção Brasileira, Lei n.º 12.846 de 1º de agosto de 2013, e conta com o seu compromisso em agir no mesmo sentido.

A política da V2COM determina que mesmo em suposto benefício da Companhia, todos os colaboradores são proibidos de cometer quaisquer atos lesivos à administração pública em geral, ou a particulares, como, por exemplo, prometer, fazer, autorizar, receber, oferecer ou proporcionar, direta ou indiretamente, qualquer vantagem indevida.

A V2COM disponibiliza um canal de comunicação para o esclarecimento de dúvidas e/o envio de denúncias sobre eventuais indícios de descumprimento das diretrizes estabelecidas pela Companhia.

Além deste Código de Ética, a V2COM possui uma Política Anticorrupção e demais Políticas Internas que norteiam os aspectos de Conformidade. Se você estiver em dúvida sobre a legalidade de determinada ação, consulte as políticas, busque orientação prévia com o Comitê de Compliance ou mesmo com a diretoria da Companhia.

Contratação com Ente Público

Em razão das peculiaridades e dos cuidados específicos no relacionamento e na contratação com funcionários de governo, a Política de Contratação com Ente Público da V2COM traz as orientações a serem observadas por todos os seus colaboradores, desde a fase pré-contratual.

Enquanto a oferta de cortesias comerciais pode ser comum e eticamente aceita no âmbito privado, o tema ganha maiores restrições em relação ao contato com agentes públicos, até mesmo para evitar que alguma gentileza seja mal interpretada, sob a ótica da Lei Anticorrupção Brasileira. Desta forma, a V2COM estipulou o valor de R$ 100 (cem reais) como limite para aceitação ou oferta de cortesias comerciais.

Se você tiver quaisquer dúvidas sobre este processo, consulte a Política de Contratação com Ente Público, busque orientação prévia com o Comitê de Compliance ou mesmo com a diretoria da Companhia

Patrocínio

De acordo com estratégias de marketing e os interesses da empresa, a V2COM poderá conceder patrocínios em favor de entes públicos ou empresas privadas, desde que a operação atenda aos requisitos da Política de Patrocínio, que regula este tipo de investimento.

Na medida em que um patrocínio, quando mal utilizado, pode servir de ferramenta para a obtenção de vantagens indevidas, como, por exemplo, em uma troca de favores, qualquer contratação neste seguimento deverá ser precedida de autorização expressa do Comitê de Compliance ou da diretoria da empresa.

Relacionamento e Contratação de Terceiros

A V2COM no desempenho de suas atividades empresariais conta com a colaboração de parceiros comerciais, intermediários e distribuidores, também referidos simplesmente como “parceiros” ou “terceiros”.

É uma preocupação constante para a V2COM evitar que estes terceiros, ao comercializarem produtos da empresa, cometam quaisquer atos de corrupção, com a finalidade de obter vantagens indevidas.

Considerando, inclusive, que a Lei Anticorrupção Brasileira pode atribuir responsabilidades a V2COM por atos de terceiros, praticados em seu benefício ou interesse, a Política de Utilização de Parceiros impõe requisitos para a escolha, contratação e auditoria de empresas com as quais mantemos negócios.

Não serão contratadas, em qualquer hipótese, empresas envolvidas em esquemas de corrupção, declaradas inidôneas ou com baixa reputação no mercado, sendo exigida, preliminarmente à contração, a exibição de diversos documentos, de acordo com a política específica.

A V2COM compromete-se a investigar, de acordo com o limite de seus recursos, o histórico e o atual cenário empresarial vivenciado por estes terceiros, parceiros em potencial, antes da celebração de contratos.

Durante a contratação, aleatoriamente ou diante de qualquer suspeita, estes parceiros poderão ser auditados e, até mesmo, terem os seus contratos rescindidos, caso alguma violação seja identificada.

Nenhuma contratação de parceiro será realizada verbalmente, devendo contar a totalidade dos contratos com cláusulas anticorrupção, confeccionadas e atualizadas de acordo com a Política de Utilização de Parceiros, aprovada pelo Comitê de Compliance.

Sinais de Alerta

Sinais de alerta são indicativos de possível violação à lei e, consequentemente, ao Programa de Compliance da V2COM.

Você deve ficar atento e imediatamente reportar ao Comitê de Compliance qualquer indício da ocorrência destes sinais de alerta. Abaixo se encontra um rol exemplificativo de situações que requerem atenção:

  •  Solicitação de doação, contribuição ou qualquer favor adicional por parte de agente de governo em troca de algum favorecimento;
  •  Possível negócio em que o pagamento deve ser realizado diretamente a um agente de governo ou terceiro a ele ligado, incluindo familiares ou amigos;
  •  Possível negócio onde é requerido o pagamento de comissão não prevista, excessiva, ou com pagamentos de forma contabilmente irregular (sem recibo, Nota Fiscal, em dinheiro, entre outras);
  •  A contratação de terceiro com reputação abalada por envolvimento, ainda que indireto, em situações de corrupção, antiéticas ou ilegais;
  •  A contratação de terceiro processado pela prática de crimes contra a administração pública em geral;
  •  A contratação de terceiro com situação irregular perante os órgãos do governo, ou sem uma pessoa jurídica legalmente constituída, com sede, sócios, capital e objeto social definidos, ou a recusa em fornecer documentos que comprovem sua regularidade cadastral;
  •  A recusa injustificada pelo terceiro a ser contratado quanto à inclusão de cláusulas anticorrupção em contrato;

Nem sempre a existência de um sinal de alerta será o suficiente para interromper ou impedir uma contratação, mas esta é uma decisão que cabe exclusivamente ao Comitê de Compliance, que pode determinar a adoção de outras medidas preventivas ou investigativas, antes do prosseguimento do negócio.

CONDUTA PROFISSIONAL

 

Integridade Financeira

Registros contábeis precisos e confiáveis são essenciais para atender às obrigações financeiras, legais e comerciais da V2COM. Os livros contábeis da empresa devem refletir com exatidão seus ativos, passivos e transações realizadas.

A V2COM compromete-se a manter seus registros contábeis de forma correta, acurada e de acordo com os prazos legais, incluindo todos registros de suas transações comerciais, que se encontrem em vias físicas ou digitais.

Cortesias Comerciais

O oferecimento de refeições, entretenimento e o acesso a eventos promovidos pela empresa, são cortesias geralmente aceitas em âmbito comercial, especialmente quanto destinadas a funcionários não governamentais. Caso o relacionamento com clientes e parceiros comerciais faça parte de seu escopo de trabalho, você poderá ofertar cortesias em determinadas situações.

Em qualquer hipótese, a concessão de eventual cortesia pelos colaboradores da V2COM não deve importar em violação às Políticas Internas da empresa ou da organização do destinatário, à lei ou a algum contrato.

Você jamais poderá ofertar qualquer tipo de item de valor a pessoas físicas, jurídicas, públicas ou privadas, como meio para concretizar ou manter um negócio de forma imprópria, a tipificar um suborno ou favorecimento indevido.

Por outro lado, a V2COM concorda que seus colaboradores recebam cortesias comerciais, como presentes espontâneos ou entretenimento, desde que não dotadas de valor significativo e dissociadas de qualquer intenção de influenciar uma tomada de decisão sobre um negócio. Sabemos que a recusa em receber um presente pode repercutir mal para empresa. Então, caso seja-lhe ofertado um presente com valor maior do que o simbólico, você deverá levar o caso ao conhecimento do Comitê de Compliance para avaliação.

Os colaboradores da V2COM, direta ou indiretamente, são proibidos de receber empréstimos, comissões ou pagamentos de qualquer natureza de pessoas, físicas ou jurídicas, com as quais a empresa faz ou quer fazer negócios, com exceções de bancos e instituições financeiras que ofereçam produtos e serviços comuns ao público em geral.

Conflito de Interesses

Conflito de interesses ocorre quando, por algum motivo, um colaborador da V2COM acaba impedido de exercer suas atividades diárias com objetividade e isenção, pondo em dúvidas seu poder de agir com lealdade aos interesses da empresa.

O conflito de interesses pode surgir de diversas maneiras e deve ser evitado a todo custo. A exemplificar, enquanto colaborador, você pode encontrar um conflito de interesses ao:

  •  Prestar serviços, ainda que ocasionais, a concorrentes da empresa;
  •  Agir como consultor para um cliente ou fornecedor da empresa;
  •  Realizar a contratação de uma pessoa jurídica, como prestadora de serviços ou fornecedora de produtos, em que você ou algum membro de sua família tenha participação societária ou cargo de gestão;

O conflito de interesses, ou a aparência de sua existência, pode surgir de forma súbita e imprevisível. Nem sempre será necessário romper ou deixar de realizar determinado negócio pela suspeita de ocorrência de um conflito de interesses. O seu compromisso é apenas de dar conhecimento sobre sua suspeita ao Comitê de Compliance, imediatamente, para avaliação e orientação sobre o prosseguimento.

Proteção de Informações Confidenciais

A V2COM conta com o seu irrestrito compromisso em respeitar o sigilo de quaisquer informações da empresa, ou de terceiros, classificadas como confidenciais, que, na condição de colaborador, você venha a ter acesso.

Entre outras, são consideradas confidenciais todas e quaisquer informações não destinadas à publicação, relativas a estratégias, projetos e atividades operacionais da V2COM e de seus clientes, incluindo, mas não se limitando a dados, códigos fonte, arquivos, endereços, telefones, nomes, e-mails, produtos, procedimentos, conteúdos, custos, instruções de desenvolvimento, listas de clientes atuais e em prospecção, planos de marketing ou de desenvolvimento de produtos e serviços e pesquisas científicas.

Havendo dúvida sobre a natureza confidencial de alguma informação, considere-a como tal, até que o Comitê de Compliance ou a diretoria da empresa apresente orientações em sentido diverso.

COMITÊ DE COMPLIANCE

 

O Comitê de Compliance é o órgão interno responsável pelo Programa de Compliance da V2COM, que é composto por no mínimo 2 (dois) colaboradores, eleitos a cada 2 (dois) anos, por indicação dos sócios da empresa.

Funções

Dentre as atribuições do Comitê de Compliance, encontram-se:
Elaboração e revisão de documentos: O Comitê elabora e atualiza o Código de Ética e Conduta Profissional e as Políticas Internas da empresa, a cada 2 (dois) anos, ou extraordinariamente a qualquer tempo;
Treinamento: O Comitê desenvolve e promove treinamentos periódicos ou pontuais sobre o Programa de Compliance e assuntos correlatos;
Consultas: O Comitê responde as consultas formuladas por quaisquer colaboradores sobre dúvidas a repeito do Programa de Compliance, ou sobre a conformidade de determinadas condutas, prestando as orientações necessárias;
Denúncias: O Comitê recebe e processa as denúncias de violação ao Programa de Compliance, anônimas ou não, investigando e aplicando eventuais penalidades, quando cabíveis. As investigações poderão incluir a oitiva de colaboradores e terceiros, realização de perícias e análise de documentos, respeitada sempre a legislação aplicável. As punições poderão alcançar advertências, suspensões, demissões e rescisões contratuais, conforme o caso;
Fiscalização e auditoria: O Comitê fiscaliza as atividades desenvolvidas pelos colaboradores, podendo promover auditorias internas e de parceiros, por amostragem, ou de acordo com alguma denúncia recebida;

Canal de Compliance

A V2COM está empenhada em construir um ambiente de trabalho e de negócios cada vez mais saudável e íntegro. Por isso, disponibiliza os seguintes canais de denúncia pelos quais qualquer pessoa, de forma 100% sigilosa, pode relatar possíveis situações que contradigam as normas expressas em seu Código de Ética e Conduta:

Você pode inserir sua denúncia através dos seguintes canais:

Telefone: 0800 799 8573
E-mail: v2com@aloetica.com.br

Independentemente das comunicações serem identificadas ou anônimas, as denúncias serão tratadas como confidenciais pelo Comitê de Compliance, sendo publicadas apenas as decisões adotadas, quando necessária a divulgação.

Para acompanhar o desenvolvimento de uma investigação decorrente de uma denúncia que formulou, você necessariamente deverá promover uma denúncia identificada.

Em qualquer caso, a V2COM assegurará a não retaliação do denunciante de boa-fé. A denúncia é um dos mecanismos mais importantes para a efetividade e o sucesso de nosso Programa de Compliance.

RESPONSABILIDADE SOCIAL

 

Pessoas e Comunidades

Agimos para contribuir positivamente junto às comunidades em que atuamos, em particular através do recrutamento, treinamento e oferecimento de oportunidades para as pessoas locais, programas de treinamento e programas sociais.

Através de nossa cultura baseada em ética e confiança, entendemos que nossos colaboradores vivenciam diariamente os princípios estabelecidos neste Código Ética, e contribuem de maneira efetiva para aprimoramento da nossa sociedade.

Meio Ambiente

Estamos empenhados reduzir nosso impacto ambiental reduzindo o consumo de recursos (incluindo energia, água e matérias-primas), e destinando nossos resíduos de maneira consciente e sustentável.